como sobreviver submerso.
Domingo, 6 de Dezembro de 2009
Simpatia feminina
«Joan: Let's face it. He would premature ejaculate. There's no nicer way to say it. And the sooner he would come the guiltier he would feel and the sooner he would come. Because in some ways, of course, he was doing it to punish me. And he was doing a hell of a job of it.
So one day I said to him: "Look, I'm in bed to make love to you, and you're in bed to make love with me. So why don't we just relax, and I'll be with you, and you be with me, and whenever you want to come is fine. Pause. But he still kept prematurely ejaculating. Pause. Although he seemed happier about it.»
David Mamet, Sexual Perversity in Chicago 
 
Os homens não deviam pensar, especialmente nas ocasiões que exigem acção (toda a gente sabe que não somos bons em multitasking). Mas a simpatia das mulheres nesses momentos é problemática porque os homens desconfiam que a) existe uma dose de condescência por baixo da simpatia (o que é mentira, não é, Margarida e Maria?); b) na primeira discussão séria, toda a simpatia desaparecerá como num passe de magia; e c) raras são as mulheres capazes de manter um segredo (por que é que acham que os homens tendem a detestar as amigas da mulher, mesmo que, claro, possam perfeitamente fantasiar levá-las para a cama, de modo a provar-lhes que a mulher é mentirosa compulsiva?).


publicado por José António Abreu às 23:55
link do post | comentar | favorito

8 comentários:
De Margarida a 8 de Dezembro de 2009 às 00:32

Os homens devem pensar, sim.


E nas situações que exigem acção, deixar que o coração emparelhe com o cérebro. A influência do chicote neuronal com o fluxo adrenalínico resulta sempre bem; ou melhor do que se imagina.


É isso que se passa com as mulheres, com um nadinha de excesso hormonal, mas vá.., nenhum dos sexos é perfeito, embora um se aproxime mais disso.


E somos – é facto – excelentes em multitasking, porque tendemos à pluralidade desde que as células se ajustam para o lado rosa. Um puzzle feliz, nós.


Pode fazer beicinho à vontade. Ou resmungar.


Já estamos habituadas e exercemos, sorridentes, o mistério da condescendência…


Somos guerreiras camufladas, ‘jaa’; heroínas silenciosas. Melhores, perdão, Mulheres.


E raras fantasiam em levar os amigos do marido para a cama, sobretudo porque não ia provar nada, já que são os homens ‘os’ reais mentirosos compulsivos.


“We just have to endure.”


(gosto desta expressão, é inspirada num filme que eu cá sei…)


Great post, though!


 



De José António Abreu a 8 de Dezembro de 2009 às 11:34
Não estou a fazer beicinho, Margarida, estou a sorrir. E a pensar se devo sequer tentar responder.

"desde que as células se ajustam para o lado rosa" – para começar, evitemos política, ok?

“A influência do chicote neuronal com o fluxo adrenalínico resulta sempre bem.” Para o «problema» que a personagem do Mamet refere, tenho algumas dúvidas. Mas é uma excelente frase, perfeitamente aplicável a outras disfunções masculinas. (O problema é que, a partir de certa altura numa relação, muitos homens têm rushes de adrenalina mais intensos ao conduzir carros velozes do que na cama…)

“exercemos, sorridentes, o mistério da condescendência…” Pois. Esse é um dos problemas. Condescendência é kryptonite para qualquer homem.

Não escrevi que as mulheres são mentirosas (embora algumas…); escrevi que os homens receiam que elas contem certas coisas (verdadeiras) às amigas e fantasiam provar que são mentira. O que é triste. Mas, reconheça-se, os homens fantasiam sempre levar (quase) todas as mulheres para a cama. (Embora as mulheres, actualmente – e talvez não apenas actualmente, mas agora de forma mais clara – não pareçam muito mais comedidas.)

E agora, já que mencionou filmes e a capacidade de endurance, vou procurar um vídeo no YouTube.


De Maria Videira a 13 de Dezembro de 2009 às 19:18
JAA , Olá!
Só hoje vi este post e esta provocação...:)
Deve ser o "instinto maternal" que nos torna condescendentes... e é verdade que  a nossa condescendência tem limites...mas estou convencida que se na tal discussão não quiserem fazer de nós parvas, não atiramos nada à cara de ninguém!
Quanto aos segredos, não conheço uma ÚNICA mulher que traia o seu AMOR se sentir amada.
A grande diferença entre Homens e Mulheres nesta questão de traição é que  OS HOMENS NÃO PRECISAM DE MOTIVO PARA TRAIR E AS MULHERES PRECISAM....
As mulheres são bem mais simples do que os homens pensam....
xx


De José António Abreu a 13 de Dezembro de 2009 às 20:55
"Quanto aos segredos, não conheço uma ÚNICA mulher que traia o seu AMOR se sentir amada"

Excelente frase. Mas eu não lhe chamaria trair. Que a namorada/mulher fale sobre as "falhas" deles com as amigas é algo que os homens consideram como provável (pode até nem ser verdade mas séries televisivas como "Sexo e a Cidade", "Lipstick Jungle" e afins não ajudam a desfazer a ideia). De qualquer modo, como eu me referi ao que os homens "desconfiam" que acontece, a verdade acaba por ser menos relevante do que o que sucede dentro da cabeça deles. Eles acham que isso é provável e, portanto (e pelas outras razões indicadas), tendem a encarar a simpatia com alguma reserva.

Os homens não precisam de motivo para trair e as mulheres precisam? Parece-me uma generalização um pouco abusiva (e eu, já se sabe - cof, cof - evito generalizações). Que tipo de motivo? Sentirem-se elas próprias traídas, estarem fartas dele pelo facto de só saber estar sentado no sofá a ver futebol, terem deixado (por quê?) de o amar? São razões com força muito diferente. E tem a certeza de que algumas não o fazem apenas porque a oportunidade se proporcionou (umas bebidas, um tipo atraente, o desejo de fugir à rotina e de experimentar algo novo)? Mais ou menos a razão típica dos homens, afinal.


De maria videira a 14 de Dezembro de 2009 às 18:54
ai ai ai ai...:)
Pondo de parte essa coisa de não gostarmos de fazer generalizações..pois sabemos que não as devemos fazer...vamos ao que interessa:
MOTIVO (para trair) não é uma birrinha porque o senhor não larga o sofá..... aqui é que está o grande SEGREDO!!!
Nós, mulheres,  quando alguma coisa nos começa a INCOMODAR temos por caracteristica querer FALAR e tentar resolver o assunto!
Raramente somos ouvidas logo nas primeiras tentativas, pelo que vamos tentando e Falamos em todas as línguas, utilizamos todos os tons....doce, simpático, condescendente, com humor, com raiva e por fim aos GRITOS já muito desesperadas!!!..., o tempo vai passando, passando, passando e se o  comportamento do Homem se vai mantendo nós vamos ficando desiludidas, frustradas, cansadas e por fim DESINTERESSADAS.
Quanto a mim, neste ponto da situação podem acontecer várias coisas:
!-umas, acham que merecem uma vida melhor e decidem terminar uma relação que já não está a ser boa.
2-outras, devido ao desgaste da relação já nada apaixonadas  mergulham num "caso"..
3-Outras, com feitios de mártires decidem continuar a berrar e a esperar que tudo melhore
Gostaria de deixar bem claro que toda a gente sabe e EU também que nesta vida há de tudo e que portanto também há mulheres e Homens que traiem porque lhes apetece não precisando de nenhum motivo para isso...mas, eu acredito que esses casos sejam casos patológicos e que desde que estejam todos felizes... que se entendam!
Trair porque fomos traídas????
Isso por si só não é motivo! Vejamos, fomos traídas porquê?
Porque ele é parvo? :)
Porque a relação já estava mal?
É muito provável que seja pelos dois motivos...
Trair por uma questão de oportunidade?
A oportunidade só aparece se os nossos sentimentos já estiverem muito abalados....
A traição só tem espaço se a relação não for boa.
E aqui começa uma outra discussão....há quem prefira uma vida de conflito do que estar sozinho/A.... não é???



Na Hora da Verdade, quando realmente gostamos de alguém não me parece que sejamos muito diferentes...


De maria videira a 14 de Dezembro de 2009 às 18:59
<object width="560" height="340"><param name="movie" value="http://www.youtube.com/v/lzxcD5g-U58&hl=pt_BR&fs=1&"></param><param name="allowFullScreen" value="true"></param><param name="allowscriptaccess" value="always"></param><embed src="http://www.youtube.com/v/lzxcD5g-U58&hl=pt_BR&fs=1&" type="application/x-shockwave-flash" allowscriptaccess="always" allowfullscreen="true" width="560" height="340"></embed></object>
JAA, se eu tiver conseguido mandar este link com sucesso é só para poder vercomo SÃO SIMPLES AS MULHERES::::):):)


De José António Abreu a 16 de Dezembro de 2009 às 11:20
Simplicíssimas, Maria. E os homens são sempre culpados, certo?


De maria videira a 16 de Dezembro de 2009 às 20:56
Não JAA!
Mas confesso que estive todo o tempo com uma raiva ....estive sempre convencida que ela era uma chata e ele inocente...:)


Comentar post

dentro do escafandro.
pesquisar
 
Janeiro 2019
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


à tona

Speaker do parlamento bri...

Imagens recolhidas pelas ...

Com o Douro por cenário: ...

Paisagens bucólicas: 105

Momentos com significado

Imagens recolhidas pelas ...

Imagens recolhidas pelas ...

Imagens recolhidas pelas ...

Paisagens bucólicas: 104

Imagens recolhidas pelas ...

Imagens recolhidas pelas ...

Imagens recolhidas pelas ...

Paisagens bucólicas: 103

Imagens recolhidas pelas ...

Imagens recolhidas pelas ...

Das formas e cores: 48

Imagens recolhidas pelas ...

Imagens recolhidas pelas ...

Das formas e cores: 47

Imagens recolhidas pelas ...

Das formas e cores: 46

Imagens recolhidas pelas ...

Cães e gatos pela cidade:...

Paisagens bucólicas: 102

Como Douro por cenário: 8...

Paisagens bucólicas: 101

Imagens recolhidas pelas ...

Imagens recolhidas pelas ...

Paisagens bucólicas: 100

Imagens recolhidas pelas ...

30 comentários
22 comentários
reservas de oxigénio
tags

actualidade

antónio costa

blogues

cães e gatos

cinema

crise

das formas e cores

desporto

diário semifictício

divagações

douro

economia

eleições

empresas

europa

ficção

fotografia

fotos

governo

grécia

homens

humor

imagens pelas ruas

literatura

livros

metafísica do ciberespaço

mulheres

música

música recente

notícias

paisagens bucólicas

política

porto

portugal

ps

sócrates

televisão

viagens

vida

vídeos

todas as tags

favoritos

(2) Personagens de Romanc...

O avençado mental

Uma cripta em Praga

Escada rolante, elevador,...

Bisontes

Furgoneta

Trovoadas

A minha paixão por uma se...

Amor e malas de senhora

O orgasmo lírico

condutas submersas
subscrever feeds