como sobreviver submerso.
Terça-feira, 9 de Agosto de 2016
Diário semifictício de insignificâncias (2)

Na segunda temporada da série televisiva Happy Valley, da BBC, há uma mulher que se apaixona por um assassino cumprindo pena. Para ela, um rapaz tão atraente não pode ser um verdadeiro criminoso. Este é o género de problema que me surge quando, nos filmes ou nos livros, as vilãs atraentes são punidas (ainda me lembro da comoção que, há trinta e tal anos, me causou a morte de Milady de Winter, n'Os Três Mosqueteiros). De alguma forma (injusta, eu sei), uma criatura bela por fora não pode ser feia por dentro. Seria um desperdício.

Assisti à final dos 100 metros bruços nos Jogos Olímpicos pensando que devia estar a torcer pela lituana Rūta Meylutitė ou por uma das norte-americanas. O problema é que na pista 5 se encontrava Yulia Efimova, russa, associada a casos de doping - mas dolorosamente bela. Não sendo lituano ou norte-americano, como resistir? (Algum do público presente na piscina conseguiu fazê-lo, vaiando-a à entrada, mas havia por lá muitos nadadores, familiares de nadadores e treinadores de outros países.)

Efimova acabou em segundo lugar, entre as duas norte-americanas. Chorou. Só pode estar inocente.



publicado por José António Abreu às 20:48
link do post | comentar | favorito

6 comentários:
De alexandra g. a 10 de Agosto de 2016 às 00:03
E o José AntónioAbreu, é dolorosamente belo?
Ou belo?


De José António Abreu a 13 de Agosto de 2016 às 10:52
Em parte. Algumas pessoas devem achar-me doloroso mas ninguém me achará belo.


De redonda a 11 de Agosto de 2016 às 00:49
Quando li o livro não gostei nada da Milady...


De José António Abreu a 13 de Agosto de 2016 às 10:57
Eu também não gostei da Milady, especialmente pelo que fez a Constance. Mas, ainda assim, aquele final deu-me a volta ao estômago. Na altura, D'Artagnan e os três mosqueteiros desceram vários pontos na minha consideração.

E você é rapariga, provavelmente heterossexual, o que torna a situação muito diferente. Em vez da Milady, imagine um Lord de Winter, com a aparência do seu actor favorito. ;)


De M* a 11 de Agosto de 2016 às 12:18
Eu gosto de pensar que até essas personagens "dolorosamente belas" por fora tenham o seu quê de beleza interior. E isto torna-as ainda mais belas.


De José António Abreu a 13 de Agosto de 2016 às 10:58
Claro. Por isso a Efimova chorou... :)


Comentar post

dentro do escafandro.
pesquisar
 
Agosto 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


à tona

Música recente (122)

Paisagens bucólicas: 94

Música recente (121)

Diário semifictício de in...

Música recente (120)

Com o Douro por cenário: ...

Música recente (119)

Música recente (118)

Imagens recolhidas pelas ...

Música recente (117)

Música recente (116)

Paisagens bucólicas: 93

Música recente (115)

Música recente (114)

Imagens recolhidas pelas ...

Música recente (113)

Diário semifictício de in...

Música recente (112)

Imagens recolhidas pelas ...

Diário semifictício de in...

Música recente (111)

Diário semifictício de in...

Música recente (110)

Imagens recolhidas pelas ...

Diário semifictício de in...

Música recente (109)

Afinal nada de importante...

Música recente (108)

Um retrato da falência mo...

Com o Douro por cenário: ...

30 comentários
22 comentários
reservas de oxigénio
Clique na imagem, leia, assine e divulgue
Iniciativa Legislativa de Cidadãos contra o Acordo Ortográfico. Leia, assine e divulgue!
tags

actualidade

antónio costa

blogues

cães e gatos

cinema

crise

das formas e cores

desporto

divagações

douro

economia

eleições

empresas

europa

ficção

fotografia

fotos

futebol

governo

grécia

homens

humor

imagens pelas ruas

literatura

livros

metafísica do ciberespaço

mulheres

música

música recente

notícias

paisagens bucólicas

política

porto

portugal

ps

sócrates

televisão

viagens

vida

vídeos

todas as tags

favoritos

(2) Personagens de Romanc...

O avençado mental

Uma cripta em Praga

Escada rolante, elevador,...

Bisontes

Furgoneta

Trovoadas

A minha paixão por uma se...

Amor e malas de senhora

O orgasmo lírico

condutas submersas
Fazer olhinhos
subscrever feeds